Viagem de incentivo: por que escolher um destino com neve?

La Folie douce

Oferecer uma viagem de incentivo é sempre bom para ambas as partes, para quem promove e para os colaboradores que vão se doar ainda mais por um propósito e quando retornam da viagem estão mais motivados para trazer ainda sucesso para o seu negócio. Continue comigo e descubra como a escolha do destino pode ser mágica para os participantes quando é certeira. Compartilharei com vocês como foi minha experiência a convite do Club Med para conhecer o produto neve com o olhar de Viagem de Incentivo.

Parte do grupo: La Folie Douce – Alpes d’Huez
Pausa para a foto durante a aula de esqui.

Antes de mais nada houve grande reflexão para entender por que não há muitos incentivos (brasileiros) para destinos com neve. Eu mesma, apenas realizei incentivos de neve na América do Sul e mesmo assim com no máximo um dia de atividade.

Os principais motivos levantados foram: risco de acidentes, percepção de ser um destino caro, a falta de conhecimento e logística complexa.

Encontrei pontos positivos que superaram qualquer uma das objeções:

  • A experiência é inédita para muitos dos premiados (ou até mesmo para todos), pois não temos neve no Brasil, o esporte é desafiador e envolve compra/aluguel de roupa, equipamentos, aulas, etc…
  • Todos os fatores acima contribuem para que o participante queira bater as metas para poder vivenciar essa experiência inesquecível.

Claro que o risco de acidente existe por ser um esporte e também por estarem em um ambiente desconhecido, por isso, recomenda-se para premiação da faixa etária jovem. Outra dica: há um seguro que só se contrata no local que é específico para remoção na montanha e extravio de equipamento (ouvi falar de muita incidência de brasileiros que tiram selfies nos lifts e acabam deixando cair os bastões).

Alpes d'Huez
Club Med Alpes d’Huez

Há uma grande variedade de destinos de neve para todos os gostos e budgets, atividades sem igual e extremamente criativas. O ideal é que a programação inclua experiências que só podem ser realizadas lá. Desde proporcionar aulas de esqui e snowboard conforme o nível de proficiência de cada premiado. Aqui vale uma observação: os dois Villages que visitei Val Thorens e Alpes d’Huez têm programas de aulas para as duas modalidades no período de manhã e tarde, os professores têm uma excelente didática e posso dizer que evoluí significativamente nas minhas habilidades com o esqui…. agora já estou na “paralela”! Outro item que ajuda muito na logística do grupo é que todo o material (capacete, botas, esqui/snow) pode ser previamente acomodados no locker de cada apartamento na área da saída para o esqui.

Dentro das inúmeras atividades que podem ser realizadas na neve (dependendo do destino escolhido), destaco algumas só para deixar o gostinho e imaginar como seria mágico ter essa experiência: passeio de trenó com Huskies ou até renas, Snowmobile, patinação, direção defensiva no gelo, caça a Aurora Boreal, encontro com o Papai Noel (ele existe e mora na Lapônia!) e ainda promover competição entre os participantes: boneco de neve, escultura na neve, construção de iglu e broomball.

E que tal fazer um jantar no meio da neve, a 2 mil metros de altitude, em um local que só chega com um “trator” de neve que leva 20 pessoas por vez?

La Cabane Alpes dHuez
La Cabane – Alpes d’Huez

É importante sempre ter em mente e organizado o PLANO B, pois pode haver condições climáticas adversas, pessoas que não se sentem à vontade com esportes de neve ou até mesmo pessoas gripadas. Além disso, avalie as diferentes atividades oferecidas antes de escolher o hotel que receberá o grupo.

Também sugiro combinar o destino de neve com alguma cidade para explorar, fazer a premiação (que geralmente é na última noite), ter tempo para compras. Isso também facilita a logística do voo internacional.

Enfim, dizem que a viagem de incentivo fica na lembrança do premiado por 10 anos. Eu digo que ficará para sempre na memória se for a primeira oportunidade de experimentar a neve! Faça antes que outro tenha a ideia!

A Imaginadora é especialista não só em proporcionar experiências criativas e inovadoras para eventos e ações de marketing, mas também em viagens de incentivo! Estamos à disposição para apresentar um projeto único! Um abraço e até a próxima aventura.

 


Sandra Veloso

ajuda empresas a transformarem seus sonhos de marketing e eventos corporativos em realidade e é responsável por novos negócios na Imaginadora. Viajar e trabalho voluntário são sua paixão: pois acredita que a tornam uma pessoa melhor, através do contato com novas culturas e realidades.